Buscar no site

Engenheiro agrônomo aposentado morre aos 85 anos; óbito pode ser investigado como suspeita de dengue

A causa da morte foi Choque Séptico, porém o idoso havia testado positivo para a doença

Redação AssisCity

  • 08/02/24
  • 10:00
  • Atualizado há 2 semanas

Foi sepultado em Assis o engenheiro agrônomo aposentado José Ubirajara Ramos, o Bira, aos 85 anos, após dias internado na UTI da Santa Casa de Assis.

De acordo com seu filho, o dentista Anderson Israel, o pai havia passado mal no domingo, dia 21 de janeiro, e foi encaminhado para o Pronto Atendimento da Santa Casa de Assis. "No dia seguinte ele foi internado na UTI, passando por vários exames".

Bira testou positivo para Dengue, e nenhum de seus outros exames haviam apresentado alterações. "Meu pai não tinha problemas de saúde e a causa da morte foi dada como Choque Séptico, mas ele testou positivo para Dengue".

Em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, o Portal AssisCity foi informado que os óbitos de pacientes testados para a Dengue precisam ser investigados, para que diversos fatores possam comprovar a relação ou não da doença com a morte.

Divulgação - José Ubirajara Ramos, 85 anos - Foto: Divulgação
José Ubirajara Ramos, 85 anos - Foto: Divulgação

Bira era morador de Assis desde os anos 70, quando veio trabalhar como engenheiro agrônomo na cidade.

Esposo de Zilda Israel Ramos, deixou os três filhos o dentista Anderson Israel, Marcelo e o empresário Daniel, da Revista e Espaço Estilo.

O engenheiro era apaixonado por esportes e praticou tênis de campo até o final de sua vida, colecionando diversos troféus.

Além disso, era um homem temente a Deus e responsável pela fundação da Comunidade Evangélica El Rapha em Assis.

O corpo de Bira foi sepultado no Cemitério Municipal de Assis.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Veja também
Ver todas as notícias
Mais lidas
Ver todas as notícias locais
Colunistas Blog Podcast
Ver todos os artigos